PLD SE/CO (R$/MWh) NORDESTE (R$/MWh) NORTE (R$/MWh) SUL (R$/MWh)
  • 560,00
  • 480,00
  • 400,00
  • 320,00
  • 240,00
  • 160,00
  • 80,00
  • 0,00
  • 21/10
    a 27/10
  • 28/10
    a 03/11
  • 04/11
    a 10/11
  • 11/11
    a 17/11
  • 18/11
    a 24/11
Histórico do PLD

Notícias | Mídia

Taxa da bandeira vermelha terá alta de 43%

Para especialistas, decisão da Aneel, que já valerá em novembro, era alternativa do governo diante dos custos
Mara Bianchetti / Diário do Comércio (25/10/2017)
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o aumento nos valores das bandeiras tarifárias já a partir de novembro. A amarela ficou 50% mais barata, passando de R$ 2 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) para R$ 1. Mas a vermelha em patamar dois, vigente atualmente e que deve perdurar por novembro, vai subir de R$ 3,50 para R$ 5, alta de quase 43%.

Na avaliação de especialistas, o governo não tinha outra medida senão essa, diante do antigo modelo adotado. Segundo eles, ano após ano, ao ter que acionar as térmicas, o governo se via com receita insuficiente para repor os caixas das distribuidoras.

A proposta foi colocada em audiência pública, mas entrará em vigor já em novembro em regime excepcional.

É o que explica o especialista em energia elétrica e regulação da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores (Abrace), Victor Hugo Iocca. “Trata-se de uma evolução. A agência está disposta a discutir. Se aparecer propostas mais interessantes ela vai ouvir”, disse.

De qualquer maneira, o aumento da bandeira vermelha patamar dois estará valendo a partir de novembro. Porém, Iocca lembra que a bandeira tarifária para o mês vai ser definida amanhã e sexta-feira na reunião mensal para planejamento da operação do próximo mês.

O sócio-diretor da Enecel Energia, Raimundo de Paula Batista Neto, avalia a medida coma necessária sob o ponto de vista do custo das térmicas num período de baixo volume de chuvas. Além disso, ele acredita que funciona como um instrumento educativo, ao passo que o próprio consumidor precisa se policiar, senão acaba pagando uma conta ainda mais cara.

“Para isso, porém, é preciso trabalhar bastante a divulgação. O consumidor precisa tomar conhecimento e ter consciência que depende dele também amenizar este impacto”, sugeriu.

A conta - Já o diretor da CMU Comercializadora de Energia, Walter Luiz de Oliveira Fróes, resume que quem paga a conta sempre é o consumidor final. Esteja ele na figura da pessoa física ou jurídica, do empresário ou do comerciante. Para o especialista, o dinheiro para pagar a conta da energia sempre vai sair do consumidor.

“As bandeiras tarifárias foram um reconhecimento talvez um pouco tardio de que não estava dando conta de cobrir seus gastos com geração. Mesmo depois que iniciou as cobranças das bandeiras, o governo demorou a reconhecer que também não estava sendo suficiente, precisou reconhecer que precisava de um novo adicional. Agora, mais uma vez, o consumidor precisa pagar a conta. E o governo precisa criar alternativas para tentar se salvar, se readequando à realidade do momento”, concluiu.
Outros Artigos
Seminário Invest in Minas - Senai/Fiemg (01/11/2017)
Correio Braziliense (06/10/2017)
Marta Vieira / Estado de Minas (03/10/2017)
Simone Kafruni / Correio Braziliense - DF (03/10/2017)
Cida Paiva / Finestra (02/10/2017)
Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE (06/09/2017)
Jornal Estado de Minas (28/08/2017)
Simone Kafruni / Correio Braziliense - DF (23/08/2017)
Mara Bianchetti / Diário do Comércio (21/07/2017)
Simone Kafruni / Correio Braziliense - DF (30/03/2017)
Simone Kafruni / Correio Braziliense - DF (06/10/2016)
Luciane Evans / Estado de Minas (16/08/2016)
Marinella Castro / Estado de Minas (27/05/2016)
Marinella Castro / Estado de Minas (18/05/2016)
Pedro Rocha Franco / Estado de Minas (26/11/2015)
Mara Bianchetti / Diário do Comércio (11/11/2015)
Adenilson Fonseca / Revista Gôndola (01/11/2015)
Tatiana Lagoa / Diário do Comércio (13/06/2015)
Naiara Infante Bertão / Revista Veja (13/03/2015)
Revista Veja, Raquel Beer (07/03/2015)
Daniel Rittner \ Valor Econômico (03/03/2015)
Marinella Castro, Marta Vieira e Simone Kafruni \ Estado de Minas (04/02/2015)
Tatiana Moraes / Hoje em Dia (27/01/2015)
Simone Kafruni / Estado de Minas (22/01/2015)
Naiara Infante Bertão / Revista Veja (20/01/2015)
Pedro Rocha Franco,Célia Perrone,Diego Amorin / Estado de Minas (20/01/2015)
Tatiana Moraes / Hoje em Dia (20/01/2015)
Tatiana Lagôa / Diário do Comércio (30/12/2014)
Matthew V. Veazey|Rigzone Staff (09/12/2014)
Marta Vieira / Estado de Minas (10/11/2014)
Simone Kafruni/ Correio Brasiliense (20/10/2014)
Míriam Leitão e Marcelo Loureiro / O Globo (14/10/2014)
Estado de Minas (07/10/2014)
Simone Kafruni e Bárbara Nascimento / Estado de Minas (24/09/2014)
Diário do Comércio, Tatiana Lagôa (18/09/2014)
Revista Veja, Edição 2389 (03/09/2014)
Marcelo Sakate / Revista Veja - Edição 2388 (24/08/2014)
Marcelo Sakate / Revista Veja - Edição 2386 (08/08/2014)
Simone Kafruni/ Estado de Minas (11/07/2014)
Canal de Energia (02/06/2014)
Tatiana Moraes / Hoje em Dia (29/04/2014)
Janaína Oliveira / Hoje em dia (29/04/2014)
Renée Pereira, O Estado de S.Paulo (25/04/2014)
Carolina Medeiros, da Agência CanalEnergia, Recursos Humanos (25/04/2014)
Tatiana Lagôa , Diário do Comércio (25/04/2014)
Simone Kafruni e Marta Vieira, Estado de Minas (25/04/2014)
Marinella Castro, Estado de Minas (20/04/2014)
Zulmira Furbino e Antonio Temóteo / Estado de Minas (17/04/2014)
Janaína Oliveira - Hoje em dia (07/04/2014)
Zulmira Furbino - Estado de Minas (26/03/2014)
Renée Pereira - Estado de São Paulo (09/03/2014)
ANA PAULA PEDROSA - O Tempo (12/02/2014)
Zulmira Furbino e Sílvio Ribas - Estado de Minas (11/02/2014)
Cristina Moreno de Castro/ O Tempo (06/02/2014)
Por Daniel Rittner e André Borges | De Brasília - Valor Econômico (06/02/2014)
Por Daniel Rittner, Cláudia Facchini e Rodrigo Polito | De Brasília, São Paulo e Rio - Valor Econômico (31/01/2014)
Rita Mundim, Rádio Itatiaia (31/01/2014)
Luisa Rotsen e Walter Fróes, da CMU Comercializadora, para a Agência CanalEnergia, Artigos e Entrevistas (01/08/2013)
Kevin Begos, Associated Press for The Wall Street Journal (24/07/2013)
Sílvio Ribas, Correio Braziliense (23/07/2013)
Zulmira Furbino, Estado de Minas (13/07/2013)
Zulmira Furbino, Estado de Minas (04/05/2013)
Zulmira Furbino, Estado de Minas (20/03/2013)
Mário Fontana, Estado de Minas (17/03/2013)
Zulmira Furbino, Estado de Minas (21/02/2013)
Mateus Parreiras e Zulmira Furbino, Estado de Minas (25/01/2013)
Tatiana Morais , Hoje em Dia (17/01/2013)
Zulmira Furbino, Enviada Especial e Sílvio Ribas, Estado de Minas (13/01/2013)
Sílvio Ribas, Correio Braziliense (08/01/2013)
Zulmira Furbino e Sílvio Ribas, Estado de Minas (08/01/2013)
Sílvio Ribas, Correio Braziliense (08/01/2013)
Sílvio Ribas e Zulmira Furbino, Estado de Minas (27/12/2012)
Walter Fróes e Ana Claudia Pereira da Silva, CMU Comercializadora de Energia (15/12/2012)
Walter Fróes, da CMU Energia, Artigos e Entrevistas (10/12/2012)
Zulmira Furbino, Estado de Minas (29/11/2012)
Zulmira Furbino, Estado de Minas (28/11/2012)
Zulmira Furbino, Estado de Minas (09/10/2012)
Zulmira Furbino, Estado de Minas (05/10/2012)
Tatiana Lagôa, Diário do comércio (29/09/2012)
Tatiana Lagoa (28/09/2012)
TATIANA LAGÔA (26/09/2012)
Daniel Rittner, Valor Ecocômico (19/09/2012)
Ana Luiza Daltro, Veja (17/09/2012)
Mário Fontana, Estado de Minas (12/09/2012)
Fernanda Magalhães e Walter Fróes, Diretores da CMU Comercializadora de Energia (16/08/2012)
Bruno Porto, Hoje em Dia (21/04/2012)
Walter Fróes e Felipe Quaresma para Estado de Minas (20/04/2012)
Daniel Rittner, Valor Econômico (03/04/2012)
Zulmira Furbino, Estado de Minas (21/03/2012)
Alexandre Salvador, Veja (12/12/2011)
Daniel Rittner, Valor Ecocômico (23/11/2011)
Daniel Rittner, Valor Ecocômico (23/11/2011)
Walter Fróes, CMU Comercializadora de Energia (16/11/2011)
Mário Fontana, Estado de Minas (12/03/2011)
© Copyright 2013
CMU | Av. Brasil, 1666/ 16 andar - Funcionários - Belo Horizonte - MG / (31) 3262.0722